Mistério envolve morte de homem em Porto Alegre, desencadeando protesto incendiário

A Corregedoria da Brigada Militar investiga possível envolvimento de policiais no desaparecimento e subsequente morte de um homem após ser colocado dentro de uma viatura. A vítima, identificada como Vladimir Abreu de Oliveira, de 41 anos, desapareceu na sexta-feira (17) e seu corpo foi encontrado com ferimentos em uma área alagada na Zona Sul de Porto Alegre no domingo (19), cerca de 10 km de onde foi visto pela última vez.

Segundo relatos, Vladimir estava em sua residência no Condomínio Princesa Isabel quando foi abordado pela polícia. Após seu desaparecimento, a família empreendeu buscas em delegacias e hospitais, mas sem sucesso. O corpo de Vladimir foi descoberto com sinais de ferimentos, levantando suspeitas de tortura antes da morte, conforme relatado por familiares.

A morte de Vladimir desencadeou um protesto na Avenida Princesa Isabel, onde dois ônibus foram incendiados. Cerca de 50 pessoas bloquearam a via, exigindo esclarecimentos sobre o ocorrido. Testemunhas afirmaram que Vladimir teria sido levado em uma viatura da Brigada Militar, o que está sendo investigado pelas autoridades.

A Brigada Militar emitiu uma nota informando que está apurando os fatos e instaurou um Inquérito Policial Militar para investigar a abordagem que motivou o protesto e as circunstâncias do desaparecimento e morte de Vladimir Abreu de Oliveira. A família aguarda por respostas e esclarecimentos sobre o caso.

 

 

By Admin

Deixe um comentário

You May Also Like