Suspeito de matar jovem a tiros no MA é preso em Belo Horizonte; vítima se relacionava com ex de faccionado

Crime aconteceu em 2021, quando Rodrigo Henrique foi assassinado na porta de casa, em Cajari. Rodrigo não tinha histórico de crimes, mas morreu por ter se relacionado com a ex de um membro de facção criminosa.

A Polícia Civil prendeu, na noite desta segunda-feira (4), um dos suspeitos de participação no assassinato de Rodrigo Henrique Mendes Costa, que tinha 27 anos quando foi assassinado na porta de casa, em Cajari, na região da Baixada Maranhense.

O crime aconteceu em dezembro de 2021 e, segundo as investigações, Rodrigo não tinha passagem pela polícia e foi morto porque estava se relacionando com a ex-namorada de um membro de uma facção criminosa, em São Luís.

O membro da facção não teria aceitado o fim do relacionamento e contratou duas pessoas para matar Rodrigo. No dia do homicídio, os criminosos bateram na porta da casa, atiraram, e depois fugiram efetuando disparos pela cidade.

Mais de dois anos após o crime, a Polícia Civil do Maranhão, com apoio da Delegacia de Homicídios de Belo Horizonte, conseguiu localizar em BH um suspeito de participação no crime, chamado Felipe, e cumpriram um mandado de prisão temporária.

O mesmo Felipe já tinha sido interrogado, em São Luís, e negado a autoria do crime, mas resolveu fugir com a família para Belo Horizonte, onde estava trabalhando como motorista de aplicativo.

 

By Admin

Deixe um comentário

You May Also Like